Tag Archives: sabrina boing boing

Piri-Piri-Piriguete!

13 set

Estamos mais  do que acostumados a ouvir por aí: “Nossa essa aí é piriguete!” ou ” Vc acredita que ele pegou a piriguete da Abelarda?” (nome fictício) ! Me peguei pensando… Ser piriguete é bom ou é ruim??  Não me agrada muito ser chamada de piriguete (viu Iran?). Então, para entender um pouquinho mais resolvi ler uma revista que estava em casa jogada, dakelas que vêm no jornal, pequeninas e  que quase sempre não lemos. Na capa estava assim: ” Na onda das piriguetes” e uma foto bizarra da “modelo” Sabrina Boing-Boing, onde seus peitos tomavam conta de quase 70% da capa… Me chamou atenção, que que eu posso fazer??

Ok… Me deparo com uma matéria de quase 10 páginas que, entre mulheres “frutas”  (melão, melancia, moranguinho) e “funkeiros” tentam nos mostrar que piriguete é sinônimo de uma mulher determinada e poderosa!

“O termo foi inventado na Bahia e segundo Alex Ferreira, criador do termo, é a mistura de piranha com cat, ou seja de uma mulher que não tem pudores, com uma gatinha, que faz o estilo princesinha.”

“Quando inventei, queria dizer PIRICAT, mas errei a pronúncia, e ficou PIRIGUETE, logo todo mundo começou a repetir!” (Alex Ferreira)

Quanta burrice! Nada contraaaaaa!!!

” As piriguetes já foram homenageadas em ritmos como funk, axé e forró”

E o pior elas adoram cantar e gritar todas juntas que adoram ser piriguetes!

O Dj Marlboro acha q o termo vai virar febre assim como “tchutchuca” ou “cachorra”.  ÉEEE o funk é um grande colaborador para ditar moda, mesmo pq as piriguetes têm todo um estilo próprio de se vestir. Roupas que valorizam as formas, nada que impeça os movimentos nas pistas, e a temperatura normalmente não é um problema, shortinho e blusinha decotada até no inverno! (agora entendi de onde tiraram que PUTA NÃO SENTE FRIO)

 

A dançarina Boing-Boing afirma que se considera uma piriguete.”Sou decidida e não vejo nada de ruim nisso. Por exemplo, vou para a balada de shortinho no inverno. Acho que a maioria se encaixa em algum desses perfis: se não tem carro, vai de carona; tenta entrar de graça na balada… é muito comum. O que não dá é para ter medo do que os outros vão pensar” diz.

Só pra deixar claro: A mulher Moranguinho nos explica que na Bahia o conceito de piriguete não tem nada a ver com o que dizemos aqui em são Paulo. Lá, chamar alguma menina de piriguete é como se tivesse dizendo: “Nossa hoje você está com tudo, arraaaaasa amiga!” É como se fosse um elogio.

Pra finalizar, se você quiser se tornar uma Piriguete de carteirinha, siga as instruções:

 

 

Bjo Jú

 

Anúncios